Português > Plano de Promoção da Eficiência no Consumo de Energia Elétrica PPEC 2017-2018

Plano de Promoção da Eficiência no Consumo de Energia Elétrica PPEC 2017-2018

O Plano de Promoção da Eficiência no Consumo de Energia Elétrica (PPEC), promovido pela Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE) pela sexta edição consecutiva, tem como objetivo apoiar financeiramente iniciativas que promovam a eficiência e redução do consumo de eletricidade. A EDP Serviço Universal S.A., presente desde a segunda edição, concorreu à edição 2017-2018 com 2 medidas que foram selecionadas pela ERSE.

Multitomada Inteligente
 

Um dos principais objetivos desta medida, a implementar no biénio 2017/2018 é impulsionar a poupança de energia elétrica no segmento doméstico, promovendo a utilização de uma multitomada inteligente (auto power off, do tipo master-slave) que permite eliminar com um simples gesto o consumo dos equipamentos secundários em modo standby.
 

A oferta de 80.000 multitomadas inteligentes destina-se aos titulares de um contrato de energia elétrica do setor residencial em Portugal Continental, independentemente do seu comercializador de energia, e que não se inscreveram na edição anterior. Em data a indicar oportunamente, os candidatos elegíveis poderão efetuar a sua inscrição online. Tal como na edição anterior, haverá um número máximo de equipamentos a disponibilizar por cada um dos 18 distritos. Uma vez verificada a elegibilidade da inscrição, cada beneficiário receberá o equipamento na morada indicada. 
 

Equipamentos a distribuir: 80.000
 

Valor total orçamentado: 1.060.000 €
 

Valor financiado pela ERSE: 75%
 

Valor financiado pela EDP Serviço Universal: 25%
 

Realização do projeto
No 1º semestre de 2017, foi aberto concurso para aquisição, preparação e distribuição de 80.000 multitomadas inteligentes.


TWIST 3.0

 

Esta medida, dirigida às Escolas e Agrupamentos Escolares do Ensino Secundário ou Equivalente, no território continental, será implementada durante o ano letivo 2017/2018 – Setembro de 2017 a Junho de 2018.
 

O principal objetivo é o envolvimento direto dos alunos do 10º, 11º e 12º anos ou equivalentes, de forma a posicioná-los como agentes da mudança e de transmissão de conhecimento a toda a sua comunidade escolar (alunos, professores e funcionários de todos os anos letivos), famílias e sociedade em geral.
 

Com o intuito de focar os alunos e as suas ações nos temas nucleares do projeto (sensibilização para a eficiência energética; alterações climáticas; desenvolvimento sustentável) na sequência da boa recetividade que o tema Desenvolvimento Sustentável teve por parte das Escolas na edição anterior, o Twist 3.0 manterá a lógica de abordagem à educação proposta pela UNESCO, particularmente no seu documento para a promoção da Educação para o Desenvolvimento Sustentável (UNESCO, 2012).
 

Cada Escola poderá inscrever um máximo de 3 Equipas de Twisters, sendo cada uma constituída por 5 a 8 Alunos e 1 ou 2 Professores.
 

Número de escolas concorrentes: ainda não disponível 
 

Valor total orçamentado: 330.000€
 

Valor financiado pela ERSE: 100%
 

Realização do projeto
No 1º semestre de 2017 foram iniciadas atividades, de forma a sensibilizar e promover a inscrição das equipas junto das escolas elegíveis.
 


 

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.